quinta-feira, 14 de julho de 2011

Tento

Tento
tentar-te
mas te tentas
por puro prazer.
No tato, no olfato,
por tantos meios.
No não consumado,
Que te tenho,
É fato!

Um comentário: